Facebook anuncia nova ferramenta para fazer chamadas de vídeo no Messenger…

Written by on 27 de abril de 2020

E ainda promete estender recurso para WhatsApp e Instagram!

Chamado de “Rooms“, recurso vai incorporar funcionalidades que facilitam ligações de vídeo entre várias pessoas. Rede social também anunciou outras novidades para WhatsApp e Instagram.O Facebook anunciou nesta sexta-feira (24) o lançamento de uma nova função do Messenger. Chamada de Rooms (ou Salas do Messenger, em português), ela vai permitir que o mensageiro da rede social tenha características utilizadas em outras plataformas de comunicação por vídeo.

Essa função vai criar uma sala acessível com um link, que poderá ser criado a partir do próprio Messenger ou do Facebook. Em breve, será possível também criar e participar de salas a partir do WhatsApp e das funções de mensagem direta no Instagram. O Rooms estará disponível “em alguns países esta semana e será expandido para o resto do mundo”, afirmou o Facebook em comunicado.

A ferramenta aproxima o funcionamento do Messenger de outros aplicativos usados para conferências — e que ficaram muito populares durante a quarentena. O Zoom, um dos que mais cresceu no período, registrou 300 milhões de usuários no dia 21 de abril (alta de 50% em relação ao início do mês), apesar de preocupações com segurança e privacidade.

Por que o Zoom é alvo de desconfiança

De acordo com John Hegeman, vice-presidente responsável pelo feed de notícias do Facebook, desde o início da quarentena causada pelo coronavírus o consumo de chamadas de vídeo dobrou no Messenger e no WhatsApp em países muito afetados pela doença, como a Itália. “O diferencial [do Rooms] é que ele pode alavancar a comunidade existente do Facebook, aproximando o sistema de aplicativos de mensagem”, disse Hegeman sobre o novo serviço em relação a competidores.

Em nota, a empresa disse que chamadas de vídeo e áudio fazem parte dos produtos da rede social há muitos anos, mas que agora há uma percepção do “quão importante estão sendo agora esses recursos para as pessoas”.

Como funciona?

O Rooms vai pretende reunir até 50 pessoas por sessão, sem limite de tempo. Inicialmente, o limite será de 17 pessoas por sala, incluindo o administrador. A pessoa que cria a sala controla as configurações de quem pode entrar, o quão fácil a sala é de ser encontrada e se um link poderá ser usado para acessar a conversa. O acesso por um link pode ser compartilhado com grupos na rede social ou pelo próprio aplicativo de mensagens.

O fato de ter um link de compartilhamento evita um problema comum a chamadas de vídeo: ter que efetuar a conexão com um tipo de ligação. Por exemplo, quando se liga para alguém e a ligação não é atendida a possibilidade de entrar na chamada é encerrada. Um link oferece uma janela de tempo maior para entrar na conexão.

Essencialmente, é possível enviar o link no Facebook, serviço de mensagem ou e-mail. Ao clicar no link o usuário será redirecionado para um navegador e poderá entrar no Messenger Rooms com um clique. A experiência é a mesma no celular, mesmo que o aplicativo do Messenger não esteja instalado”, afirmou Stephane Taine, diretor de produto do Messenger.

Fonte: G1


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *



Current track

Title

Artist